sábado, 31 de março de 2012 Tags: , 1 comentários

LEITURA DE SÁBADO:"TODOS RI" / POR FÁBIO YABU

Publicado na revista Carta na Escola, edição nº62, o texto "Todos ri", de Fábio Yabu, emociona pela dose  exata de ternura com a qual ele relembra os ensinamentos dos pais. Lições simples, mas  que moldaram o seu caráter, firmaram valores e motivaram  um olhar solidário para o próximo. Muito bom! Então vamos, com essa leitura,  refletir sobre as nossas condutas, seja na vidinha real ou nas redes virtuais:
"Meus pais foram os melhores professores que já tive. Nascidos em famílias humildes no interior de São Paulo, tiveram as vidas moldadas pelo sacrifício. Como vocação, abraçaram o ensino da Matemática na rede pública e, ano após ano, escola após escola, cidade após cidade, galgaram seu lugar ao sol até as areias de Santos, onde hoje aproveitam a merecida aposentadoria.
Poucas vezes precisei recorrer a eles quando tinha um problema matemático. E atrevo-me a dizer que aprendi coisas muito mais importantes do que bhaskara ou algoritmos. "Em boca fechada não entra mosca". "Quando um burro fala, o outro baixa a orelha". "Trate os outros como gostaria de ser tratado". Resumindo, papai e mamãe me ensinaram a ser comedido com as palavras, a escutar a opinião alheia e, o mais importante, a ter compaixão.
Ao longo dos anos, fui crescendo com filhos de outras pessoas que aprenderam lições parecidas. Que prezavam o trabalho duro, admiravam a inovação e buscavam um futuro melhor. Meninos e meninas que, como eu, viam nos olhos de seus pais aquele medo de que a incerteza política e econômica os jogasse novamente contra a linha da pobreza.
Hoje, os tempos são diferentes. Entre uma crise e outra, entre tempestades e marolinhas, o País melhorou. E eu, que nunca tive de dormir ao relento como meu pai menino, ou trabalhar em uma fábrica de sapatos como minha mãe menina, agora tenho uma filha de 10 meses dormindo no cômodo ao lado. Evidentemente, nem tudo está melhor. Pelo contrário: estou certo de que perdemos algo precioso. Notadamente, na última década. Pais e filhos parecem anestesiados pelo infindável ciclo de crimes, corrupção, escândalos e impunidade. Certamente, a  internet e a falsa sensação de anonimato proporcionada pelas telas também entrou na conta. E o resultado foi uma geração de cínicos que acham graça em tudo e não se concentram em nada. Q ue confundem "humor" com "calúnia' e "liberdade de expressão" com "impunidade". Que disparam ironias como chimpanzés atirando cocos sem se importar com o conteúdo ou quem vão atingir. E acusam seus opositores de serem "politicamente corretos', como se fosse esse o verdadeiro mal que nos aflige.
Casos recentes como a doença do ex-presidente Lula, que gerou a primeira campanha pró-câncer de que tive notícia, ou a agressão à repórter televisiva Monalisa Perrone, que virou motivo de piada nas redes sociais. A moça foi agredida ao vivo por um rapaz um pouco mais jovem do que eu, com um sorriso de quem ganhou uma competição olímpica. E a juventude aplaudiu virtualmente, na forma de "KKKs", "LOLs" e "HEHEHEs" compartilhados no Twitter e no facebook onde "todos ri" (sic).
A internet é algo maravilhoso. É possível aprender praticamente qualquer coisa, de idiomas a projetos de bombas. Por outro lado, penso que precisamos nos voltar para as lições simples que aprendi com meus pais, que todo professor tem dentro de si e que só podem ser transmitidas de um ser humano para outro. Não proponho aqui nenhuma mudança no sistema de ensino. Trata-se apenas de um apelo desesperado enquanto minha filha não acorda: pais e professores, precisamos ensinar nossas crianças a reparar. A se importar: que a dor do próximo também é nossa e jamais deve ser motivo de risadas. Que essa história coletiva que se repete a cada episódio triste está ofuscando nossa verdadeira natureza. Tornando-nos menores, mais tolos, menos humanos. Ou como minha mãe sempre resumiu muito bem: "Agora está todo mundo rindo, mas daqui a pouco tem um chorando".
***
E, dentre as coisas boas que a internet possibilita, destacamos aqui, o contato com o autor! E ele nos deu autorização para publicarmos neste espaço o seu escrito. 
Valeu a gentileza! 
O nosso agradecimento mais sincero e votos de sucesso para o seu novo livro.
Confiram o book trailer:

JOGOS DE RACIOCÍNIO

Os jogos  tem valor fundamental para as aulas de Educação Física pois configura-se como um importante exercício intelectual e não como mera brincadeira ou passatempo.
"Ele constitui uma distração sadia, que leva a criança ao treinamento da memória, à reflexão, melhorando a aplicação nos estudos. É uma prática que prende a atenção, obriga a concentrar-se, a refletir muito e ter mais rapidez de raciocínio. Muitos alunos encontram neste jogo um meio de desenvolver sua criatividade, ou pelo menos, desenvolvem seu potencial intelectual, que às vezes, demoraria muito para se desenvolver pela falta de estímulos adequados."( Jogos de raciocínio)


Ciente do valor pedagógico dos jogos, o Prof. Hudemberg Cavalcante proporcionou a seus alunos momentos de diversão e aprendizagem em sala de aula, utilizando jogos de damas, xadrez e dominó.
Confiram:
 
 Prof. Hudemberg  orientando seus alunos sobre as regras dos jogos
 Alunos divertem-se com os jogos


segunda-feira, 26 de março de 2012 Tags: 0 comentários

ESTUDO E PLANEJAMENTO - 24/03/2012

OBJETIVO: orientar o planejamento do Programa Correção de Fluxo para integra-lo ao Projeto Político Pedagógico.
PAUTA
üSobre o Programa Correção de Fluxo:
        Características gerais
        Metodologia de trabalho
        Avaliação
üDiagnóstico social
üFicha  de acompanhamento e avaliação bimestral
üAnálise do quadro síntese das propostas de
   trabalho
üProjetos interdisciplinares
üEncerramento

quarta-feira, 14 de março de 2012 0 comentários

PARADA NACIONAL

sexta-feira, 9 de março de 2012 0 comentários

REFLETIR E ARGUMENTAR / ENSINO RELIGIOSO

Alunos do 6ºB contemplados com bombombrinde pos suas reflexões sobre a Bíblia Sagrada:
  • José Jean Sales Júnior
  • Yonnardo Aquiles de Amorim Costa
  • Francisca Daniela de Lima
  • Francisco Silvério da Silva Arruda
  • Guilherme Gustavo de Oliveira Ferreira
  • Ítala Raquel Noronha de Oliveira
  • Eduarda Wagna da Costa de Morais

Parabéns, galerinha esperta!




quinta-feira, 8 de março de 2012 Tags: 0 comentários

HOMENAGEM ÀS MULHERES

08 de março- Dia Internacional da Mulher
Sugestões de atividades
Ø  Conversar com os alunos sobre a origem da data e sobre a importância da mulher na sociedade( Como mãe, irmã, amiga, professora etc); Debater algumas conquistas das mulheres ( O direito a estudar, trabalhar fora de casa, votar, proteção da Lei Maria das Penha);
Ø  Convidar um aluno para ler o poema MULHER, em homenagem as mulheres da sala(Após, distribuir os textos somente para elas);
Ø  Convidar alunos para fazer outras homenagens: uma música, uma mensagem.
Sobre a data:
História do 8 de março
No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).
Objetivo da Data
Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.
REGISTRO:
 
 
 
 Mensagens decorativas
 
Leitura poética: alunos homenageando as mulheres
 
 
 
 
 
 
Hoje foi obrigatório: mulheres homenageadas pelos homens com um "poema trufado"
MULHER
Um aroma suave escalou das mãos do Criador
Quando seus olhos contemplaram
a solidão do homem no jardim
Foi assim:
O Senhor desenhou o ser gracioso, meigo e forte
que sua imaginação perfeita produziu.
Um novo milagre: fez-se carne, fez-se bela, fez-se amor, fez-se na verdade como Ele quer!
O homem colheu a flor
Beijou-a com ternura chamando-a simplesmente MULHER!
Ivone Boechat
Feliz Dia da Mulher!
Para curtir em alto e bom som:



sexta-feira, 2 de março de 2012 Tags: , 0 comentários

REUNIÃO DE PAIS / ENTREGA DO LIVRO DIDÁTICO

Objetivo: fortalecer a participação dos pais na educação escolar, discutir algumas orientações para o ano letivo de 2012 e realizar a entrega dos livros didáticos.
PAUTA

  • Boas-vindas
  • Orientações para o ano letivo de 2012
  • Decisões sobre o fardamento escolar
  • Lanche
  • Entrega dos livros didáticos
Em fotos
 Boas vindas / Orientações para o ano letivo
 Fardamento escolar: agendado para o dia 19/03 - novatos e veteranos para segunda-feira dia 05/03
 
 Lanche
 
Entrega dos livros didáticos

VOLTA ÀS AULAS

ESCOLA ESTADUAL PROF. GERSON LOPES
ENSINO FUNDAMENTAL
ANO LETIVO: 2012
PROGRAMAÇÃO
ACOLHIDA 
Boas vindas 
Apresentação da equipe escolar
  • Gestores
  • Apoio técnico e pedagógico
  • Professores
  • ASG
Mensagem do aluno veterano
Mensagem do aluno novato
Momento de oração
Mensagem musical
video

Lanche

TAREFA ESCOLAR

Ø  EM CLASSE:
Apresentações – Professor/aluno
Dinâmica
Tarefa:
ü     Apresentar o Calvin:
              Calvin é um garoto hiperativo de 6 anos de idade, que tem uma imaginação fértil e dedica parte integral do seu tempo para questionar as atitudes de seus pais, sua vizinha, sua babá, sua professora e, não raro, de seu tigre de pelúcia. É um guri que possui as preocupações de um adulto, mas as reações de uma criança. Calvin tem um grande companheiro, o Haroldo, um tigre sábio e sardônico, que para ele está tão vivo como um amigo verdadeiro, mas para os outros não é mais que um tigre pelúcia.
             Calvin é uma criação de Bill Watterson.
             O nome de Calvin foi inspirado no reformador religioso do século XVIJoão Calvino.
ü    Leitura e interpretação da tirinha 
        
      ( O último quadrinho, na folha do aluno, estará em branco para que ele possa refletir e buscar uma resposta)
ü   Questionar:
·         O que vocês responderiam a professora?
·         O quanto você, aluno, está disposto a se comprometer, a se aplicar em seus estudos?
ü  Para debater:
1- O aluno, a exemplo de Calvin, deve questionar o trabalho da escola?
2- O aluno deve prestar atenção ao que o professor ensina?
3- Será que é importante o professor não faltar e cumprir o horário da aula?
4- Assistir as aulas e fazer as atividades que os professores orientam são atitudes necessárias para uma boa aprendizagem?
5- O estudo é importante para a vida e para sua formação profissional?
6- O que é um ‘bom professor’?
7- O que é um ‘bom aluno’?
8- Como você, aluno, pode ter um melhor desempenho nos estudos?
9- Como o aluno deve se comportar na escola?

OBS: Para debater as questões acima, o professor segue a dinâmica do JOGO DA VELHA:
·         Desenha a grade na lousa;
·         Divide a sala em 2 grupos;
·         Define com os grupos que é o 0 e quem é o X;
·         Conforme o grupo escolhe a posição da sua jogada, o professor lança a pergunta para que eles reflitam e argumentem sobre;
·         A equipe campeã ganha uma canetinha, cada componente.
COMBINADOS / ACORDOS
ü   TAREFA  EM EQUIPE
·         Pontuar algumas responsabilidades que possam cumprir para melhorar o desempenho escolar.
ü   TAREFA COLETIVA -
· Apresentar a tarefa anterior e selecionar, sob a orientação do professor, as responsabilidades que possam ser realmente cumpridas por todos em benefício da aprendizagem (Combinados);
·       O professor copia no quadro os combinados e os alunos, no termo de responsabilidades ( Que deverá ser colado caderno.
                                  

    Bom trabalho!
Em fotos:
 Boas vindas
 Apresentação dos funcionários / Prof. Cícero, na vez!
 
 
 Mensagem dos veteranos
 Mensagem dos novatos
 
 Momento de oração, por Sebastiana Fernandes
 
  Equipe X e equipe 0
A alegria de rever os amigos, professores e de estudar!
Afinal, já diz o poeta José Paulo Paes:
Escola é o lugar onde a gente vai quando não está de férias!