terça-feira, 22 de março de 2011 1 comentários

ORIENTAÇÕES PARA AS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL

Orientações anunciadas às escolas pela diretora da 13ª Dired, Raimunda Ferreira Freire, após reunião em Natal:
Sobre a Implantação de planilhas:
 Ao implantar a licença, fazer a exclusão para em seguida a inclusão;
 Só poderá haver implantação nas salas multifuncionais se a escola possuir sala ambiente com equipamentos em funcionamento.

Readaptação em outra função:
 Informar a readaptação e fazer a implantação da nova função;
 Somente o professor readaptado poderá assumir as funções de: TV escola, sala de leitura, biblioteca comum e comunitária;
 Quando a readaptação não for definitiva, deverá haver um controle ao término da mesma, para que o servidor não fique fora da planilha;
 Para o professor readaptado se na escola não existir disponibilidade, deverá ser reaproveitado em outra unidade escolar.

Licenças:

 As licenças de até 15 dias não estão obrigadas a passar pela junta médica nem poderão ser informadas ao sistema, ou seja, só a partir de 16 dias de licença;
 O servidor que alternar a licença médica, ultrapassando ao 16º dia, estará obrigado a passar pela junta médica e deverá ser informado no sistema.

Apoio pedagógico:

 Só poderá assumir as funções de apoio pedagógico e inspetor escolar ( Secretário geral), o pedagogo com habilitação em supervisão escolar, orientação, administração ou gestão, EDAP ( práticas pedagógicas) com apostilha do Art. 4º do Conselho Nacional de Educação – CNE;
 A cada 10 turmas de alunos, por turno, a escola poderá ter um apoio pedagógico.
OBS.: o inspetor escolar atenderá a todos os turnos da escola alternadamente.

Coordenador pedagógico:
 Deverá ser ocupado exclusivamente por um pedagogo, atendendo a todos os turnos da escola alternadamente.

Coordenador administrativo e financeiro:
 Poderá ser ocupado por um pedagogo, por, por um técnico de nível médio ou por um auxiliar de serviços gerais, desde que sejam graduados em administração, ciências contábeis, estatística ou economia;
 Só poderá haver implantação nas salas multifuncionais se a escola possuir sala ambiente com equipamentos em funcionamento.

Das funções extintas com a gestão democrática:
 Coordenador assistente administrativo;
 Mecanógrafo – foi substituído pelo digitador, essa função na escola é ocupada pelo ASG OU TE-D, e se na escola não existir disponibilidade deverá ser removido para outro estabelecimento de ensino;

Outras considerações:

 Os servidores em geral excedentes ou em desvio ou função sem amparo legal, deverão ser encaminhados a Dired para serem encaminhados à outra unidade escolar;
 Os porteiros deverão atender aos turnos diurnos ( matutino e vespertino);
 O turno noturno será ocupado por vigia que terá seu horário das 18h às 6h, com descanso de 36 horas;
 O estagiário e o professor temporário deverão ser implantados, uma vez que terão matrícula;
 Para ser aluno estagiário, o interessado deverá se inscrever na escola de governo, através do site: ;
 Só poderá ministrar horas suplementares professores e especialistas de educação que não ultrapassam a carga horária de 30 horas semanais, ou seja, não poderão ser assumidas por professores e especialistas que tiveram uma carga horária de 60 horas semanais e nem por professores readaptados.

Natal, 18 de março de 2011

sábado, 19 de março de 2011 Tags: 1 comentários

LEITURA DE SÁBADO: FLORBELA ESPANCA

Foi ao ar em janeiro de 2011, na telenovela Ti-ti-ti, exibida às 19h pela Rede Globo de Televisão, uma cena cativante  apresentada pelos personagens Marcela (Ísis Valverde) e Renato ( Guilherme Winter). Na cena, Renato, descreve a intensidade do seu sentimento diante de uma débil e efêmera intenção amorosa de Marcela e, tentado a reconquistar sua amada, declama os lindos versos que compõem o soneto 'Fanatismo', escrito por Florbela Espanca em 1916,  numa sincera definição do romance entre eles:


Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida.
Meus olhos andam cegos de te ver
Não és sequer a razão de meu viver,
pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu amor, a ler
no misterioso livro do teu ser
a mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizes isso, toda a graça
duma boca divina, fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
que tu és como Deus: princípio e fim!..."

Não! Amor assim, tão desmedido, nem todos são insanos a tal ponto ou, a tal ponto agraciados. Mas, é inegável :  é preciso muita indiferença para não apreciar essa composição quase centenária e, mesmo assim, plagiada pela música brasileira numa agradável interpretação do cantor Fagner e, mais recente, pela teledramaturgia global.
Formidavelmente, é da mesma autoria esse texto:
AMAR
Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui... além...
Mais este e aquele, o outro e a toda gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disse que se pode amar alguém
durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
e é preciso cantá-la assim florida
pois se Deus nos deu voz foi pra cantar!

E se um dia hei de ser pó, cinza e nada,
que seja a minha noite uma alvorada
que me saiba perder... pra me encontrar!
De um verso a outro, que expressão mais fiel de amor... a si mesma! Que pretensão infiel de romance e que disposição para amar de modo tão inconstante! Talvez, até um contraste com a fanática paixão narrada no 1º soneto. Ambos, porém, muito bem elaborados e de fácil apreciação. Assim é a poesia de Florbela: apaixonada, delirante mas também, melancólica e, sobretudo, feminina!
Para conhecer mais da poesia de Florbela acesse: POEMAS EM ÁUDIO . Na voz de Miguel Falabella, outras composições são apresentadas para download.
Para completar a leitura, bom mesmo é ouvir a canção na voz de Raimundo Fagner:



Autora do vídeo: Valdenia . 
Cléa Morais

quarta-feira, 16 de março de 2011 Tags: 1 comentários

AULA DE INGLÊS

Os alunos que ingressaram no 6º ano em 2011 têm uma vantagem a mais: receberam o livro didático de Inglês, que vem com CD para reforçar o estudo da disciplina. 
O Prof. Gilson Leite movimentou a turminha do 6ºA ao ensinar o conteúdo "Números". Após abordar o tema, a meninada aprendeu a cantar a música proposta no CD. Foi palmas, danças e um coral, ora afinado, ora nem tanto. E muita alegria.



Abaixo, um poema de Benedita Azevedo,para a galerinha refletir e por em prática: 


LIVRO DIDÁTICO

Este ano está começando
vamos turminha estudar.
Eu também estou chegando
para todos ajudar.
Criança, jovem, adulto...
Quero com vocês ficar.
Para ser um grande vulto
vamos juntos trabalhar.
Se me cuidares bem, bem,
não riscar e me encapar...
Quem sabe no ano que vem
outro eu venha acompanhar.
Se eu pudesse passar
muitas vezes nesta sala!
Mais de um ia lembrar
de mim na noite de gala.
Sou o teu livro didático,
que te acompanha feliz.
Tal o sistema linfático
quero estar em tua matriz..
No link, tem inglês divertido para crianças:
Printables

segunda-feira, 14 de março de 2011 Tags: 0 comentários

DIA DA POESIA / BRUNO CORIOLANO

Recebemos por email, ainda em novembro de 2010, um vídeo-poesia elaborado pelo escritor apodiense Bruno Coriolano e hoje, Dia da Poesia, postamos em  homenagem ao talentoso poeta. 
Confiram:



O MUNDO É SEU ESPELHO

É com o passar do tempo que sua mente,
Em um excesso de angústias e preocupações
Percebe ter vivido rápida e profundamente
Todas as suas desventuras e decepções.

E sob um leve desespero você pensa.
Que existe confusão entre o acaso e a sorte
E que a vida, com o tempo, fica mais tensa
E você só descansa nos braços da morte.

Nossa existência chega a enfadar
Não me perco no meio da multidão,
Nem ligo pra morte a me esperar
Pois sei, não serei exceção.

Nem sorria, nem lamente pela dor.
Viva sempre esse conselho
Nessa vida você é mero espectador
E o mundo é seu espelho.

IMPRESSÃO DO MUNDO

Tem uma gota de sangue em cada simbolo manifestado.
Pergunto-me se eu ainda resisto.
Às vezes sinto meu corpo todo perfurado.
Só não sinto-me como o último mamífero visto.

O mundo pode ser uma experiência ruim.
Mesmo para quem vive em forte contato.
Disseram para seguir e acreditar sempre em mim.
Mas ninguém mostrou-me do mundo seu retrato.

Um homem, buscando sua imagem verdadeira, vive em mim.
Mesmo vivendo em sua profunda escuridão.
Sempre foi, não sei se continuará assim.
Viver, sentir, ri, chorar, morrer é sua conclusão.

E você um dia ouviu: "viver é uma arte", mas tanto faz!
Sua empolgação tem limite e disso você sabe.
Então morrer vira arte, como tudo o mais.
Dai-me licença pois já vou, antes que tudo um dia acabe.

***
Os versos destacados com um fundo colorido objetivam incentivar uma reflexão mais cautelosa sobre... para nós, leitores e, inclusive, para o próprio autor.

ProITEC 2011


Fonte:Portal IFRN
Inscrições:
De 15 de março (a partir das 14h)  a 15 de abril (até as 22h)

Taxa: R$ 20,00 (Pagamento até o dia 18 de abril)
Período de solicitação da taxa de isenção:
De 21 a 25 de março, nos horários de funcionamento de acordo com o Anexo I do Edital
Entrega de documentação e recebimento de material didático:
3 a 6 de maio, no campus do IFRN ao qual o aluno estiver vinculado, nos horários de funcionamento de acordo com o Anexo I do Edital
Cartão de inscrição:
Estará disponível para impressão a partir de 20 de junho
Provas:
1ª avaliação - 17 de julho
2ª avaliação - 25 de setembro
Resultados:
Resultado 1ª avaliação do ProITEC, sem classificação: 9 de agosto
Listagem de candidatos que terão a prova discursiva corrigida, sem classificação: 5 de outubro
Resultado da 2ª avaliação do ProITEC: 18 de outubro
Resultado final: 1º de novembro

sábado, 12 de março de 2011 Tags: 0 comentários

LEITURA DE SÁBADO / MULHERES NA LITERATURA BRASILEIRA

Publicada na Revista Cláudia, em novembro de 2010 , a matéria Espelho seu, apresentava as leitoras um perfil de oito personagens femininas dos grandes romances da literatura brasileira, descritas pelo poeta e cronista gaúcho Fabrício Carpinejar. E ainda lançava as mulheres o desafio de identificarem em si, características e comportamentos eternizados pelas musas literárias.
Sem desmerecer os créditos do texto original, republicamos, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, tão divertida matéria:

ESPELHO SEU

 O livro é um espelho portátil que podemos levar para qualquer lugar. Um espelho inclinado. Retrovisor de cama. Todo leitor vai procurar sua história em cada leitura. Rastrear sua infância. entender suas manias, ganhar argumentos para seus impasses. Tanto que acredito que há três tipos de escritor:

  • Aquele que faz a gente fugir de nossa vida, num movimento de evasão;
  • Aquele que faz a gente assumir nossa vida, produzindo identificação;
  • E o melhor, aquele que nos devolve a própria vida, criando uma súbita e necessária intimidade.

Nesta brincadeira apresentamos oito personagens da literatura brasileira. São ficcionais somente para quem não acreditar nelas. Será natural abraçá-las, enxergá-las na rua, no trabalho, dentro de casa. A pergunta que não tem como abafar será: “Eu a conheço de algum lugar?” Sim, conhece, mesmo que ainda não tenha lido o livro de onde ela saiu. Talvez seja você mesma. Ou no passado. Ou no futuro. Essas mulheres representam comportamentos, disposições sentimentais, brechas amorosas. São tipos psicológicos convincentes, que já entraram no imaginário popular. Ler é conversar com a própria imagem. Qual é a sua?
ü    A libertina C.L.B
      A casa dos Budas Ditosos, João Ubaldo Ribeiro
Sexo sem culpa? Sem moralismo? Sem arrependimento? É , proeza dessa baiana de 68 anos, residente no Rio de Janeiro, que não teve medo de conhecer o prazer a fundo, o ritmo de sua nudez, e descreve seus principais e tórridos casos. Picante, atrevida, sestrosa. Apresenta a força excitante da palavra, a sedução verbal, e realiza o sonho de viver ao máximo para depois ficar rindo à toa dos preconceitos dos outros.
ü     A enigmática Capitu
Dom Casmurro, Machado de Assis
“Olhos de ressaca. Trazia não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca. Para não ser arrastado, agarrei-me às outras partes vizinhas, às orelhas, aos braços, aos cabelos espalhados pelos ombros; mas tão depressa buscava as pupilas, a onda que saia delas vinha crescendo, cava e escura, ameaçando envolver-me, puxar-me e tragar-me.” Hipnotizante, de poucas palavras, faz Bentinho enlouquecer de ciúme. Encarna o mistério: até hoje se discute se ela traiu ou não o marido. Representa a sutileza feminina, o ardil de contar com a precipitação masculina para não falar nada. Insinua e não confessa. Apaixonante, fiel a si mesma, guarda os segredos até o fim. E mostra que o homem é naturalmente paranóico, pois prefere adivinhar em vez de perguntar.
ü      A teimosa Ana Terra
O Continente, Érico Veríssimo
Mulher que não se dobra fácil para a paixão. Absolutamente receosa, primeiro desconfia que está apaixonada e depois faz uma série de testes para ver se realmente o homem a merece. Ana Terra não facilitou a vida de Pedro Missioneiro, que chegou a trabalhar na estância da família. Antes de se entregar, infernizou a vida do pobre sujeito. Botou cinza fria em sua comida e encheu de sal seu pote de leite. Cuidado: ela tira o amor de dentro do ódio.
ü      A crédula Macabéia
A HORA DA ESTRELA, Clarice Lispector
História triste é bobagem perto da de Macabéia. Nasceu no sertão de Alagoas, seus pais morreram quando tinha 2 anos e ela morou com a tia beata, que dava cascudos em sua cabeça para não pensar bobagem. Quis ter um cão mas não podia. Não achava que merecia nem o amor de uma cão, mas somente o amor das pulgas. Pode? Acreditava em tudo o que diziam: que o ovo faria mal ao fígado, que era feia, que iria para o inferno. Sua única esperança era pintar as unhas de vermelho. Colecionava anúncios de jornais, alimentando a ilusão de uma vida melhor. É aquela que tem medo de incomodar, que dificilmente confessará seu anseio. É tão carente que é capaz de se anular. Perdeu o namorado, Olímpico, para a amiga Glória. Nem brigou, aceitou o que o destino queria. Vai procurar uma cartomante para ouvir o que deve fazer.
ü      A separada Mercedes
DIVÃ, Martha Medeiros
Mercedes resolve fazer análise pela primeira vez. O livro todo é  uma confissão dos segredos e dos medos de uma mulher com mais de 40 que enfrenta a separação depois de um longo casamento. Como reconquistar a confiança e recomeçar? Como não se sentir trocada? Ela tenta se adequar ao mundo de solteira, sair de novo, namorar, apoiando-se nas amigas para retomar a vida sexual. Enfrenta situações engraçadas ao se envolver com um homem mais jovem. Operação difícil: vencer o pânico da mudança de costumes e superar a sensação de estar envelhecendo. Há na Mercedes um questionamento bem moderno da mulher que, além de ser feliz, busca entender sua felicidade.
ü      A disfarçada Diadorim
GRANDE SERTÕES: VEREDAS, Guimarães Rosa
Diadorim é a mulher-neblina. Aquela que vai boicotar sua beleza, se esconder em figurinos toscos, tentar alisar os cabelos quando maravilhosamente crespos, passar a máquina zero quando lisos. Sofre do complexo de Joana D’arc: renuncia ao corpo por uma causa. Nunca está satisfeita com a aparência e prefere mostrar que é forte e viril e não precisa de casamento. Por mais que tente sufocar a feminilidade, a doçura dos olhos verdes contraria o destino de jagunço. No romance de Rosa, Riobaldo se apaixona por Diadorim, colega de guerrilha no sertão, mas pensa que ela é ele: Reinaldo. A moça morre em combate contra Hermógenes, o assassino do pai dela.
ü     A fiel Dona Flor
DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS, Jorge Amado
Cor bronzeada, cabelos lisos e negros, olhos sensuais e lábios grossos, Flor se apaixonou por um canalha. Enfrentou a mãe, Rozilda, para casar de qualquer jeito com o malandro Vadinho. Sedutor, era um amante fogoso que pedia para ela se despir inteira, coisa incomum diante dos recatos de um casamento. Foram sete anos de união, em que Flor  entregava-se  com vorocidade ao sexo e depois passava a noite em claro esperando seu amado voltar. Suportava suas galinhagens e gastanças. Vadinho morre e ela continua desejando-o, mesmo casada com Teodoro. Segue recebendo o fantasma em sua cama. Não larga um amor nem depois da morte.
ü     A injustiçada Lúcia
VESTIDO DE NOIVA, NELSON RODRIGUES
Nunca aceita a responsabilidade pelo seu destino, culpa a falta de sorte e o olhar gordo dos próximos. É a ciumenta, que julga sempre que teve o seu amor roubado. Compete com as próprias conhecidas para conquistar alguém. Ao brigar com o namorado, vai desconfiar que foi outra. Não tem amigas, mas adversárias. Ela perdeu seu amor, Pedro, para a irmã, Alaíde. Os dois casaram e experimentaram uma história de permanente suspeita e de adultério.
Publicado na revista Cláudia, novembro de 2010, p. 180-183 ( Número 11 / Ano 49)

sexta-feira, 4 de março de 2011 0 comentários

PORTARIA Nº 1 / 2011, DE 01/03/2011

Com o objetivo de disciplinar o acesso e a participação de crianças e adolescentes no carnaval,  o juiz de direito da comarca de Apodi, Dr. Vagnos Kelly Figueredo de Medeiros através  da Portaria  nº 1, proíbe a participação de crianças no carnaval de Apodi. A portaria está amparada no Estatuto da Criança e do Adolescente, em seus artigos 4º, 6º, 149º e 194º e determina que:
>> fica vedada a participação de adolescentes entre 12 e 14 anos de idade, no local da realização do carnaval apodiense, especialmente nos camarotes, bares, barracas, restaurantes e estabelecimentos similares que se situem nas proximidades do Calçadão da Lagoa do Apodi;
>> Adolescentes entre 14 e 16 anos de idade, só poderão participar se acompanhados dos pais ou responsável legal e, mesmo assim, até as 24h;
>> Em qualquer circunstância, é proibido vender, fornecer, ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, à criança ou adolescente, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida, sob  pena de incorrer em crime, detenção e multa;
>> Quem impedir ou embargar a ação de autoridades judiciárias, membros do Conselho Tutelar ou representante do Ministério Público no exercício de função prevista em lei, incide em crime, cuja pena é detenção.
Para fazer cumprir as determinações legais, a Prefeitura de Apodi fica responsável em apoiar no que necessário for os membros do Conselho Tutelar e Agentes de Proteção durante o período da festa carnavalesca.

quinta-feira, 3 de março de 2011 Tags: 1 comentários

EDUCAÇÃO FÍSICA / IMC

Para que os alunos conheçam o seu IMC - ÍNDICE DE MASSA CORPORAL -  o Prof. Wellington Gurgel, munido de balança e fita métrica, ensina seus alunos esta relevante fórmula que indica se a pessoa está acima do peso adequado para sua idade e estatura física.
O  Prof. Wellington desenvolve o trabalho dessa forma:
>> Explanação sobre a necessidade  de uma alimentação saudável   e da atividade física para uma melhor qualidade de vida;
>>  Demonstração da fómula e o passo a passo para realização do cálculo;
>>  Registro individual do peso e altura dos alunos;
>>   Realização do cálculo ( cada aluno faz o seu)


***
     

 Para calcular o IMC é só utilizar a calculadora abaixo:









Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura:
m
cm

Dieta e Saude

REUNIÃO DE PAIS / ENTREGA DO LIVRO DIÁTICO

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR GERSON LOPES

ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

ANO LETIVO: 2011

REUNIÃO DE PAIS

Data: 03/03/2011
Horário: 8h30
Local: Casa de Cultura Popular
Objetivo: fortalecer a participação dos pais na educação escolar e firmar acordos para o ano letivo de 2011.

PAUTA

  • Abertura: Mensagem de boas vindas;
  •  Apresentação das equipe gestora, pedagógica e docente;
  • Apresentação dos membros do Conselho Escolar;
  •  Acordo sobre o fardamento escolar;
  • Esclarecimentos sobre a entrega do livro didático;
  • LANCHE
  • Entrega do livro didático ( EEPGL)
REGISTRO
 Diretor Ivonaldo Alves
 Apresentação do modelo do fardamento escolar
 Prof. Ocelino conversando sobre os cuidados com o livro didático
 Lanche
Entrega do livro didático

Em 2011, o livro didático não foi suficiente para cobrir o número de alunos matriculados no ensino fundamental. Razão pela qual, só agora os pais terem sido convocados para recebê-lo. E ainda, às turmas de 9º ano só foi entregue livros de geografia e ciências pois os demais ( História, português, matemática e inglês) a quantidade ainda é insuficiente.
Enquanto o problema não é solucionado, na medida que o professor precisa utilizar o livro este é recolhido na biblioteca escolar e devolvido ao fim da aula.
A novidade, é o livro de inglês. O livro de inglês vem com CD para reforçar o conteúdo da disciplina e, ao final do ano letivo, o aluno não precisará devolvê-lo.

quarta-feira, 2 de março de 2011 Tags: 0 comentários

CONVITE / REUNIÃO DE PAIS

O envolvimento da família na educação escolar dos filhos é um compromisso a ser assumido do início da escolarização até a conclusão dos estudos, por esta razão, convidamos os senhores pais ou responsáveis para participarem da primeira reunião de pais que será realizada nesta quinta-feira, às 8h30, na Casa de Cultura Popular de Apodi. Na ocasião, faremos a entrega do livro didático e trataremos do fardamento escolar.
A sua presença e pontualidade é fundamental para o sucesso deste evento.
Atenciosamente
Eguipe Gestora

terça-feira, 1 de março de 2011 Tags: 0 comentários

ARTE / TÉCNICA MÃO EM NEGATIVO

A técnica mão em negativo é simples e divertida de fazer:
  • Selecione e recorte uma figura de uma revista ( Livre escolha);
  • Posicione a figura escolhida sobre uma folha de ofício;
  • Com uma esponja de aço,  passe sobre a figura de modo a espalhar o pigmento sobre a folha;
  • O pigmento formará uma linda imagem esfumaçada.
Com essa técnica é possível fazer papel de carta decorado, painéis, cartazes ou conforme criatividade de quem a utiliza.
A técnica foi desenvolvida no 6ºD, pela Prof.ª Sandra Paiva.
Mais informações sobre essa técnica
Fonte: Loureiro Arte

A chamada arte pré-histórica é o que podemos assemelhar com produção dita artística do homem ocidental dos dias de hoje feito pelos humanos pré-históricos.
As primeiras expressões da arte eram muito simples. Consistiam em traços feitos nas paredes de argila das cavernas ou das "mãos em negativo". Somente muito tempo depois de dominarem a técnica das "mãos em negativo" é que os artistas pré-históricos começaram a desenhar e pintar animais.
Para se obter uma "mão em negativo", os homens pré-históricos após obter um pó colorido a partir da trituração de rochas, os artistas sopravam, através de um canudo, sobre a mão pousada na parede da caverna. A região en volta da mão ficava colorida e a parte coberta, não. Assim, obtinha-se uma silhueta da mão, como um filme em negativo.

BULLYING

A Prof.ª Maria Francisca introduziu o tema "Bullying" nas aulas de Língua Portuguesa. O tema instiga uma profunda reflexão sobre  comportamentos e atitudes, seja na escola ou em outros ambientes daí, a importância de estudar,compreender e debater o assunto em sala de aula.
A metodologia de trabalho é esta:
  • Leitura das revistinhas "É importante saber:Bullyng", de autoria do Dr. Flávio Medeiros;
  • Exibição do filme 'Bullyng';
  • Debate em sala de aula;
  • Produção de cartazes informativos.